Direito do consumidor: projeto exige que cláusulas sobre multa tenham destaque em contrato

Objetivo da proposta é obrigar que uso de fontes maiores para facilitar a compreensão

Está tramitando na Câmara dos Deputados um projeto que determina que cláusulas que impliquem multa ou limitação de direito do consumidor tenham destaque no contrato (PL 6906/17). A proposta da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) estabelece que o texto deve estar em negrito e em fonte com o dobro do tamanho do corpo do texto.

Atualmente, não há essa previsão no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). O objetivo da proposta é permitir a imediata e fácil compreensão dos termos do contrato.

De acordo com a parlamentar, há vários dispositivos no Código que trazem determinações de que a informação quanto ao produto ou serviço comercializado deve ser clara e precisa, mas mesmo assim, não são cumpridos.

“É comum, por exemplo, que as cláusulas que impõem a fidelização do cliente ou multa estejam diluídas no meio do contrato. Tal fato prejudica a compreensão do consumidor quanto aos aspectos restritivos da contratação, pois, na maior parte das vezes, essas cláusulas não estão suficientemente claras para que ele possa avaliar o ônus da contratação”, criticou Carvalho.

O projeto, que tramita conclusivamente – quando é votado apenas por comissões designadas, sem a deliberação em plenário –, será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara Notícias

Imagem: pixabay.com

 

Cláusula que retém 50% do valor total em cancelamento é abusiva

Contrato de compra e venda anulado acarreta devolução de quantia paga

 

Mais Imagens

« Voltar
Avenida Júlio de Castilhos, 1129 - 95010-003 - Caxias do Sul - RS